• Assistindo,  Publieditorial

    Blue Bloods estreia no canal LIV

    O canal de entretenimento da Discovery, o LIV, traz na próxima segunda-feira, à noite (22 horas), um novo drama policial: Blue Bloods. Dos mesmos produtores de “Família Soprano” e protagonizada por Tom Selleck, a série narra a história de várias gerações de uma mesma família de policiais dedicados ao cumprimento da Lei nas ruas de Nova York. Tom Selleck interpreta Frank Reagan, chefe do Departamento de Polícia da Cidade de Nova York e chefe de família. As duas funções precisam ser desempenhadas e ambas apresentam complicadores. Seu pai, ex-chefe de polícia, deixou algumas pendências que Reagan precisa resolver. Seus dois filhos também fazem parte da corporação. O mais velho, Danny…

  • Assistindo

    Zumbis no episódio do Super Bowl de Glee

    Não, não foi nenhuma invasão zumbi na série. O episódio prestou uma homenagem ao astro Michael Jackson apresentando uma performance de Thriller em um mashup com Heads Will Roll, do Yeah Yeah Yeahs. A versão do clássico oitentista foi ao ar no episódio especial do Super Bowl e trouxe os memmbros do New Directions e do time de futebol caracterizados como zumbis recriando o clipe de Thriller em meio a um jogo de futebol americano. E a caracterização como zumbis foi a melhor coisa do episódio. A performance foi bacana, mas não me agradou tanto quanto eu esperava. Assim como o episódio. Kurt fez muita falta, pois ele e Sue são os…

  • Assistindo

    Sobre o final de Lost

    O que falar sobre o final de Lost? Tanto já se disse, muitos escreveram (de coisas boas até a completa falta de entendimento da série e principalmente do final). Pois é. eu não posso dizer que me satisfiz com aquele final. Na verdade eu achei um episódio bom, interessante para um final, mas de outra série. Lost precisava ser diferente. Sei lá, acho que aquela coisa meio espiritualista não agradou. Preferia um final mais ficção científica, se é que me entende. Não pareceu que o final fora programado e pensado desde a quarta ou terceira temporada como os criadores disseram/prometeram. Mas também, quem sou eu pra falar. Não pense que…

  • Assistindo

    O retorno de Glee

    Finalmente o retorno de uma das melhores comédias da atualidade. E Glee retorna em grande estilo. O episódio de retorno foi Hell-O. Uma brincadeira com as palavras Hello e Hell. E trata das vidas amorosas do pessoal de Glee. Rachel encontra um novo amor da sua vida, que por acaso é do Vocal Adrenaline, grupo rival do New Directions. A intriga está formada. Mr. Schuester também precisa resolver suas pendências amorosas depois daquele final magnífico de Sectionals. Hell-O é bom, mas The Power of Madonna é muito melhor. Um episódio inteirinho dedicado à Diva. Canções e feminismo, o poder feminino invadindo a escola. O melhor foi ver Jane Lynch mostrar…

  • Assistindo

    Buffy the Vampire Slayer

    Depois que fiquei órfã de Dollhouse, nada mais natural do que procurar outra série do mesmo criador para tentar aplacar a tristeza. Então nada mais natural que adentrar o mundo de Buffy. A cultuada série de vampiros dos anos 90 e início dos 2000 fez minha cabeça. Estou completamente viciada – percebeu como eu sempre me vicio em tudo que Joss Whedon coloca seus dedinhos mágicos? É bacana ver esse universo vampiresco de antes da super explosão de Crepúsculo e afins (neste grupo não está inserida a série True Blood da qual eu sou fã e possui uma qualidade infinitamente superior aos livros e filmes das crepusculetes). E mais bacana ainda…

  • Assistindo

    Dollhouse – recapitulando a segunda temporada (parte 2)

    Retornando com a saga de Dollhouse depois de tanto tempo. Ainda não consegui me recuperar desse cancelamento. Mas uma hora teria de encarar e voltar a escrever sobre a série. Segue então a segunda parte dos breves comentários sobre a segunda e última temporada de Dollhouse. Dollhouse – 2×9 – Stop-Loss – 9,0 Exibido originalmente no dia 18 de Dezembro de 2009. Escrito por Andrew Chambliss e dirigido por Félix Enríquez Alcalá. Um episódio bastante sólido, onde descobrimos outras ramificações dos projetos da Rossum. A corporação investiu sua tecnoologia em um grupo paramilitares e descobrimos isso quando Anthony, após o término de suas obrigações para com a Dollhouse tem sua…