• Diário (ou quase),  No Passado

    Minha Retrospectiva 2010

    Estava pensando em como escrever sobre 2010. Daí apareceu uma retrospectiva em um formato interessante no Flores e Corações, que por sua vez foi baseada no meme proposto pelo blog is.adora.ble. Gostei da ideia e resolvi adotá-la. Como não segui dia por dia o meme, optei pelo formato “tudo junto e misturado“. Vamos lá? Uma foto minha em 2010 O bom de 2010 foi… Conhecer muitos amigos novos, nos dois projetos em que trabalhei/trabalho. As meninas do APERS e os cavaleiros da Távola Redonda entraram de vez na minha vida e fizeram morada fixa no meu coração. Mas não foram apenas pessoas próximas que fizeram do meu 2010 um bom, um…

  • Música

    Um pouco mais de Paul McCartney

    Paul McCartney em Porto Alegre é assunto pro resto da vida. Chorei, ri, dancei e cantei, tudo ao mesmo tempo. E ainda choro, ainda estou feliz e com gosto de quero mais. Não é exagero quando digo que foi o show da minha vida, a melhor noite da minha vida. Estava lá, com Paul McCartney e com o Juliano. Não precisava de mais nada. Sou eternamente agradecida ao Paul por aquela noite. E ele, provando ser o lorde que é, fazendo valer o título de  Sir ao qual foi condecorado por sua rainha, fez um vídeo lindo agradecendo ao público de Porto Alegre, Buenos Aires e São Paulo. Não pude conter…

  • Cotidiano

    Paul McCartney – Up and Coming Tour

    Ainda choro ao lembrar das três horas maravilhosas que vivi ontem. Paul McCartney fez um show inesquecível e mágico. No momento em que ele pôs os pés no palco comecei a chorar e desde então não parei mais. Valeu a pena passar o dia na fila, ficar exausta, porque no instante em que o show começou tudo se foi e só ficou alegria, emoção. Paul é simpático, humilde, engraçado e muito, mas muito talentoso. O espetáculo de ontem foi para a vida inteira. Posso afirmar com certeza que minha vida está divida em antes e depois de  Paul McCartney em Porto Alegre. Foi um dos momentos mais lindos e felizes…

  • Música

    Parabéns

    Para Paul McCartney! O muso inspirador, o grande homem, lindo, charmoso e talentoso… 64 anos de pura música! E ele ainda está inteiraço. Esse é o aniversário sobre o qual ele cantou de forma tão memorável na música When I’m Sixty-Four (Quando eu tiver 64 Anos) no álbum que foi um marco dos Beatles, Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, de 1967. Paul McCartney não está “decadente” como previu a canção. Na realidade, continua jovial e criativo com a ajuda da filha de dois anos, Beatrice Milly. E continua a escrever músicas, apresentar-se publicamente e criar em outras mídias. O festejo foi ontem, mas ainda tá valendo, pois ontem não…