• Louca dos gatos

    Meet Gandalf

    Ontem (17/04/2012) um novo membro chegou na nossa família. A Starbuck ganhou um irmãozinho lindo. Adotamos um gato adulto que estava para doação em uma Agropecuária/Pet Shop no centro de Canoas. Um gato da raça Exotic que estava tão carente e abatido numa minúscula gaiola. Demos o nome Gandalf para ele. Mas a história é bem triste. Primeiro que ele está muito doente e acredito que foi só por isso que a dona da loja resolveu doá-lo. Ela usava o bichano para reprodução e, segundo ela, ele já é pai de umas quatro ninhadas. Ela demonstrou um orgulho tão grande ao falar isso, entretanto a imagem do animal na minha…

  • Louca dos gatos

    Photos: my beautiful kitten, Starbuck!

    Recentemente eu andei revirando algumas fotos para testar alguns editores de imagens online e acabei usando muitas das fotos da Starbuck para isso. Aí eu lembrei como ela é fofa, linda, querida. Não que eu tenha esquecido, nada disso. Eu vejo a fofura e beleza dela todos os dias. Mas eu percebi que eu não tinha compartilhado nenhuma foto dela ultimamente e que eu poderia fazer isso de vez em quando. Além de compartilhar essa fofura, eu posso treinar mais e fotografar melhor ao longo do tempo. Então seja bem vindo para ver essa belezura que vive comigo e dorme ao meu lado quase todos os dias. 😉

  • Louca dos gatos

    Meet Starbuck.

    Meet Starbuck. Originally uploaded by clandestini. Depois de muitos anos sem a Fubá, minha linda siamesa que faleceu e deixou um buraquinho no meu coração, finalmente adotei uma gatinha linda! Hoje de manhã convenci o @cavalca a ir na ferinha de adoções de São Leopoldo e me apaixonei de cara por essa felina, fêmea, três pelos. Preenchi a papelada – que é pouca coisa – comprei ração, areia, caixinha, e tenho muito amor pra dar. Batizamos essa bolinha de pelos de Starbuck, uma das minhas personagens favoritas de Battlestar Galactica. Agora é cuidar com amor e responsabilidade e babar muito, porque ela é linda!

  • Diário (ou quase),  Louca dos gatos

    Love Cats

    * – Originally uploaded by nelogika. Às vezes me pego pensando em como era bom ter uma gata. Elas são fofas, queridas e leais, muito leais. Ainda volto a vida de gateira, por enquanto, morando com a mãe, é praticamente impossível. Fica a saudade da Fubá, sempre.