Filmes e séries

Filmes do Oscar 2009 – parte 2

O Oscar 2009 é hoje à noite, não será transmitido na TV aberta devido ao desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro (que desperdício!). Já comentei sobre os filmes que concorrem a categoria de Melhor Direção e Melhor Filme (que são os mesmos). Agora é hora de comentar os outros filmes que eu vi e que concorrem a outras categorias.

Outras indicações

Na Mira do Chefe

(In Bruges; Dir: Martin McDonagh; UK/EUA; 2008)

O filme é muito bom, mas a tradução do nome é horrível. Sinceramente, se eu soubesse do nome em português antes de ver eu teria os dois pés atrás. Menos mal que eu só descobri o a tradução tosca depois de ter visto e adorado o filme. Uma pena ter sido indicado apenas para Melhor Roteiro Original. E com certeza o roteiro é uma das melhores coisas do filme. Pena a Academia ter preconceito com comédias, porque esse merecia mais indicações.

Vicky Cristina Barcelona

(idem; Dir: Woody Allen; Espanha/EUA; 2008)

A única indicação do filme é para Atriz Coadjuvante (Penélope Cruz está impecavelmente insana). É a Academia esnobando Allen depois de tanto ser esnobada por ele.

WALL-E

(idem; Dir: Andrew Stanton; EUA; 2008)

Mereceu TODAS as indicações que ganhou, e ainda mais. Merecia ser indicado por melhor filme, mas a Academia é muito conservadora para indicar uma animação, mesmo que tenha sido o melhor filme de 2008. Disparado.

Rio Congelado

(Frozen River; Dir: Courtney Hunt; EUA; 2008)

Me surpreendi com esse filme. Não tinha ouvido falar nada a respeito. e quando termino de ver eu penso: bah, tri bom. Melissa Leo merece a indicação para Melhor Atriz, só não sei se ganha, porque o páreo é duro. Uma produção simples e honesta, mas muito bem feita. A trama foi escrita pela própria Courtney Hunt (diretora) e trata de um tema espinhudo nos Estados Unidos: imigrantes ilegais. Mas a fronteira é diferente: trata-se da fronteira com o Canadá e não a fronteira com o México, a que estamos acostumados.

O Visitante

(The Visitor; Dir: Thomas McCarthy; EUA; 2007)

A indicação de Richard Jenkins para Melhor Ator é muito merecida. Ele está muito bem no papel do professor universitário medíocre que descobre um sentido maior para sua existência ao encontrar um casal de imigrantes ilegais (tema recorrente) morando em seu apartamento de Nova York. A relação que ele cria com a percussão é bastante interessante e o liberta do piano tão amado por sua falecida mulher – e apara o qual ele não tinha o menor talento. Um filme pós 11 de Setembro sobre xenofobia, procedimentos atuais para com imigrantes (principalmente muçulmanos) e indignações sociais. Uma narrativa gostosa, um filme simples e honesto.

Trovão Tropical

(Tropic Thunder; Dir: Ben Stiller; EUA/Alemanha; 2008)

Não sou fã de comédias do gênero, mas essa até que não é das piores. Mas não encontrei motivos suficientemente bons para a indicação de Robert Downey Jr. para Melhor ator Coadjuvante. Explica?

Hellboy II – O Exército Dourado

(Hellboy II: The Golden Army; Dir: Guillermo del Toro; EUA/Alemanha; 2008)

O filme é maravilhoso. Merecia mais indicações? Merecia! Melhor Maquiagem é só uma das inúmeras qualidades da película. E na minha opinião, é o merecedor da estatueta no quesito.

Batman – O Cavaleiro das Trevas

(The Dark Knight; Dir: Christopher Nolan; EUA; 2008)

Outro injustiçado. Não foi indicado para melhor filme por preconceito da Academia com filmes de super-heróis. O filme é ótimo, não te como negar. e causou frisson em todos em meados de 2008, quando da estréia. E o prêmio mais certeiro é para Heath Ledger como Melhor Ator Coadjuvante desde a estréia – antes até.

A Troca

(Changeling; Dir: Clint Eastwood; EUA; 2008)

É Clint Eastwood, então não precisa dizer muito. Esperei o pior pelo trailer, superou minhas expectativas. Angelina Jolie está ok. Não maravilhosa, mas ok. A indicação para Melhor Atriz não faz jus, portanto o Oscar não vai para ela. O filme é bom, apesar da grande salada de frutas de gêneros (policial/investigação, corrupção, julgamento, sequestro, manicómio).

Ainda faltam alguns filmes para ver. Como o Oscar é hoje, fico devendo.

Anarca, feminista, vegana, cat lady, bookworm, roller derby, hiperbólica, entusiasta das plantas e constante aprendiz. Rainha de paus, professora de história, amante de histórias. Meu peito é de sal de fruta fervendo num copo d'água. 🌈✊Ⓥ👩🏻‍🏫👩🏻‍💻📚🧙‍♀️🎨📿🥾🏕️ 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x