• Internet +

    Links Love #6

    1. O Alessandro Martins fez uma bela reflexão sobre a arte e seus espaços: a arte deveria permitir mais ou proibir mais? 2. Essa semana o grupos Anonymous sofreu uma série de represálias tanto no meio virtual como no real, tem um artigo super bacana sobre isso lá no Garotas Nerds. 3. O Tele Séries fez um texto sobre amigos com benefícios para comemorar o Dia do Amigo e mostrou alguns casais da ficção que se aventuraram nessa amizade colorida. 4. A Câmara de um cidade inglesa distribui panfleto sobre como reagir em caso de ataque de zumbis.

  • Mãe, quero ser artista (criatividade)

    Silvana Mello

    Não tem muito tempo que me deparei com um trabalho da artista Silvana Mello. E gostei muito. Daí em diante comecei a procurar por suas obras pela internet. Infelizmente eu não tive a oportunidade de ver ao vivo nenhum trabalho dela. Ela é desenhista profissional há oito anos e se define como uma artista que desenha “errado” e faz o que quer. Seus trabalhos têm um ar retrô e são muito inspiradores. Deixo algumas imagens de seus desenhos que encontrei pela rede. Em cada imagem tem um link para o site de origem.

  • Mãe, quero ser artista (criatividade),  Sora Dani

    Estratégia e Análise #7

    Mais uma republicação da nota semanal do Estratégia & Análise. Matto, o uruguaio que resgatou as culturas ameríndias Buenas, depois do recesso de final de ano estou de volta com a nota. Retornando com a euforia típica da época, convoco a todos para conhecer junto comigo o trabalho do artista Francisco Matto (1911 -1995). Ele constitui seu trabalho por uma fusão entre a arte das tradições pré-colombianas e a abstração geométrica. Nascido em Montevidéu, Uruguai teve problemas com sua proposta, isso porque na Banda Oriental não há uma cultura pré-colombiana como no Peru, Bolívia ou México, que constitua em grandes arquiteturas ou em sociedades complexas. Pode se dizer então que…

  • Mãe, quero ser artista (criatividade)

    Artista guatemalteco, artista latino-americano

    Buenas, o clima de férias pode ser ótimo, mas a vida anda, a vida anda em mim. Por isso sigo com as velhas e agradáveis rotinas (as rotinas ruins são aos poucos descartadas). E nada melhor para começar esse 2008 do que com a republicação da última nota do ano de 2007 no já citado inúmeras vezes Estratégia & Análise. É só ler e comentar, nada de mais. Não dói não. Artista guatemalteco, artista latino-americano Aníbal López recentemente adotou o pseudônimo A-1 53167 (número do documento de identidade do artista) nasceu e vive na Guatemala. O ato de assinar com um número de identificação constitui um protesto contra a desigualdade…

  • Mãe, quero ser artista (criatividade),  Sora Dani

    Estratégia & Análise #5

    Mais uma quarta-feira, a última do ano. E mais uma nota do Estratégia & Análise republicada aqui. Arte-ativismo, a sabotagem de Minerva Cuevas. Minerva Cuevas nasceu em 1975 na Cidade do México, lugar onde vive e trabalha até hoje. Ingressou na Escuela Nacional de Bellas Artes em 1993. É conhecida pelo humor ácido e provocador de seu trabalho, o qual chega mesmo a confundir-se com uma forma de ativismo político. O intento é fazer a obra refletir sua desconformidade e luta contra as relações capitalistas. Partindo desse pensamento ela cria, em 1998, a “Mejor Vida Corp” (MVC) composta por ela mesma. Mantendo uma imagem simbólica de empresa privada ela oferece…

  • Mãe, quero ser artista (criatividade),  Sora Dani

    Estratégia & Análise #4

    Mais uma semana se passou e já estamos na quarta-feira de novo. Buenas, para os desavisados, hoje é dia de republicar a minha nota semanal do Estratégia & Análise por esses pagos. Quinta pasada publiquei por lá a seguinte nota: Alvaro Oyarzún, um nome da arte contemporânea chilena. O artista plástico Alvaro Oyarzún organiza seu trabalho de forma bastante fragmentada. Formatos, assuntos e técnicas variados, que se dispersam e se acumulam na parede. Sua obra acaba por desconstruir a polaridade da pintura: superfície e representação. No entanto denota uma investigação rigorosa referente ao meio pictórico. Disseca seus diferentes aspectos. O gesto, a cor, a narração, o retrato, o desenho e,…

  • Mãe, quero ser artista (criatividade)

    Sou apaixonada por um tal de Moleskine

    Um caderninho caro, com capa de couro, folhas especiais e de um glamour incomparável: esse é o tal do moleskine. Pelo mundo estão espalhados milhares de admiradores desse item tão charmoso. Centenas de comunidades são dedicadas a ele e o Alessandro Martins encontrou um blog totalmente dedicado aos rabiscos, rascunhos, desenhos, pinturas e intervenções das mais variadas que os donos mais criativos agregam ao caderninho, o Moleskine Project. Também no youtube é possível encontrar centenas de vídeos relacionados ao legendário moleskine além de vídeos de artistas mostrando os trabalhos que fazem em seus moleskines, página por página. A seguir o moleskine da artista Celia Squire e seus desenhos maravilhosos. Também…

  • Música

    Björk é capa da Bravo!

    Björk é capa da conceituada revista Bravo! deste mês, uma das melhores cantoras na capa de uma das melhores revistas. Anunciando a chegada da musa no fim de outubro para o Tim Festival a matéria comenta as muitas presenças femininas no evento e tece relações das gurias com Andy Warhol, o maior artista pop de todos os tempos. No Festival “As principais atrações são mesmo as cantoras que não se limitam a gravar composições de outros, atuar em videoclipes e dar shows. Há muito mais nelas do que esse básico obrigatório. Elas vão além, invadindo outras formas de arte e criando verdadeiros reinos. O exemplo mais bem-acabado disso é Björk”…

  • Livros e a biblioteca,  Mãe, quero ser artista (criatividade),  Vida de estudante

    O papel do Museu e da Galeria no espaço da Arte

    O segundo semestre de 2006 iniciou e inesperadamente a pergunta não veio do lugar comum. Numa disciplina acadêmica, quem geralmente questiona seus alunos são os professores. Porém não em Introdução à  Arte. Surpreendentemente, eu, aluna do Departamento de História, me vi elaborando uma questão para colaborar nas discussções do semestre: “Qual a importância do Museu e da Galeria enquanto espaços de arte?” O objetivo seria responder a pergunta inicial, entretanto na tentativa de encontrar as respostas encontrei novos questionamentos. A metodologia proposta era, então, responder a famosa pergunta através das diversas visitas, leituras e conversas durante os meses de aula. Fui em busca dos subsí­dios para a árdua tarefa de…