Filmes e séries

Battlestar Galactica

Quem gosta de séries de ficção científica já conhece Battlestar Galactica na sua versão mais atual e sabe que a série acabou recentemente. Doloroso fim, devo dizer. Que deixou um vazio gigantesco no peito e uma saudade imensa.

Battlestar Galactica, ou simplesmente BSG, é uma das melhores coisas que já tive o prazer de assistir. É uma obra prima. Baseada na série homônima de 1978, ela ganhou um tom mais dramático com repercussões políticas e sociológicas. Mesmo com o potencial que o argumento da série original possuí­a, Battlestar Galactica se tornou algo completamente novo.

A nova série de Battlestar Galactica começou com uma minissérie em 2003 e depois, em 2004, iniciou-se a série que teve o episódio final exibido nos Estados Unidos em 20 de Março de 2009. Durou quatro temporadas e rendeu um tele-filme – Razor (2007) – e alguns websodes nos intervalos entre a segunda e a terceira e entre a terceira e a quarta temporadas.

A qualidade da série é imcomparável. Ótimos atores, personagens complexos, cenários perfeitos, direção impecável, efeitos muito bem elaborados, trilha sonora maravilhosa.

E por falar em trilha sonora, essa é elemento importantíssimo em alguns episódios. All Along The Watchtower – composição original de Bob Dylan e revisitada por Jimi Hendrix (responsável pela fama da canção) – foi totalmente reformulada para ganhar um espaço vital na trama. A música possui tamanha relevância que ocupa um papel quase de personagem. E os créditos para a obra-prima que é a trilha de Battlestar Galactiva é de Bear McCreary.

A série foi produzida por Ronald D. Moore e ganhou uma áurea inconfundível. A genialidade é imensa. A dificuldade para escolher um personagem preferido é ainda maior. Todos eles possuem um papel importante, bem pensado e estruturado na série. E a escolha, apesar de difícil, foi feita: Kara “Starbuck” Thrace, interpretada pela belíssima Katee Sackhoff.

Starbuck começa como uma aviadora encrenqueira, mas a melhor da frota. Arranja confusão com superiores e possui um segredo sobre sua relação com o filho morto do Comandante Adama (outro personagem incrível). Com o desenrolar da trama suas ações demonstram o quão importante ela será para o fechamento dessa história. E para justificar ainda mais minha escolha basta ver a cena em que ela lembra como tocava All Along The Watchtower no piano quando criança. É de fazer qualquer marmanjo arrepiar os pelos da nuca.

Esse não é um texto de crítica nem um texto descritivo da série. É apenas o desabafo de uma fã depois de alguns meses de término da série, depois de um tempo para digerir o fim da melhor série de drama e ficção científica dos últimos anos.

Ficou a saudade, a possibilidade de rever muitas outras vezes e Cáprica – série que se passa 50 anos antes da trama de BSG. Vi apenas o piloto. Achei interessante. Mas tenho certeza de que não superará Battlestar Galactica.

Anarca, feminista, vegana, cat lady, bookworm, roller derby, hiperbólica, entusiasta das plantas e constante aprendiz. Rainha de paus, professora de história, amante de histórias. Meu peito é de sal de fruta fervendo num copo d'água. 🌈✊Ⓥ👩🏻‍🏫👩🏻‍💻📚🧙‍♀️🎨📿🥾🏕️ 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈

Deixe seu comentário

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
cavalca
22 de maio de 2009 7:49 pm

🙂

cavalca
22 de maio de 2009 9:44 pm

🙂 🙂

trackback
24 de maio de 2009 11:59 am

[…] Hendrix. Eu particularmente amo e prefiro a versão de All along the Watchtower feita para a série Battlestar Glactica! Na minha opinião a melhor versão de todas, até mesmo melhor que a original e a de Jimi Hendrix […]

trackback
8 de junho de 2009 9:32 pm

[…] 05. Bill Adama e Laura Roslyn – Battlestar Galactica […]

trackback
25 de junho de 2009 12:07 pm

[…] 05. The Variable – Lost 04. No Exit – Batllestar Galactica 03. Sometimes a Great Notion – Batllestar Galactica 02. Someone to Watch Over Me – Batllestar Galactica 01. Daybreak (2) – Batllestar Galactica […]

trackback
27 de maio de 2010 11:36 am

[…] gostei bastante de muitas coisas, só achei que Lost merecia mais. Pra ser sincera, os finais de Battlestar Galactica, Buffy, entre outras, mexeram muito mais […]

mateus
mateus
10 de agosto de 2010 2:02 pm

Saudade imensa de BSG.

trackback
24 de setembro de 2020 3:49 pm

[…] Hendrix. Eu particularmente amo e prefiro a versão de All along the Watchtower feita para a série Battlestar Glactica! Na minha opinião a melhor versão de todas, até mesmo melhor que a original e a de Jimi Hendrix […]

trackback
24 de setembro de 2020 4:15 pm

[…] Daybreak (2) – Batllestar Galactica […]

trackback
24 de setembro de 2020 4:28 pm

[…] 05. Bill Adama e Laura Roslyn – Battlestar Galactica […]

10
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x