• Filmes e séries

    Whip It – trailer

    Quando eu vi esse trailer pensei: ‘esse é um filme que eu preciso ver‘! Como a Srta. Bia disse, é girl power puro. Whip It é a estréia da linda e talentosa Drew Barrymore dirigindo para o cinema. E a protagonista é a queridinha de Juno, Ellen Page. Precisa de mais alguma coisa? Então não perde tempo, olha o trailer e se apaixone também.

  • Filmes e séries

    Rebobine Por Favor (2008)

    O tempo do VHS, do vídeo cassete e das locadoras já acabou, mas o charme ainda atrai alguns saudosistas. Eu, por exemplo, ainda guardo meu video cassete e algumas ‘fitas’ aqui em casa. Tem vários títulos, que eu já tenho em outros formatos, mas tenho uma pena de me desfazer deles. Rebobine Por Favor é um filme sobre uma locadora de VHS já na era do DVD, quase falindo e em um prédio quase condenado à demolição. Escrito e dirigido por Michel Gondry, o mote da história é justamente a tentativa de salvar o lugar. A solução é muito criativa e única e só aparece depois de um fato inesperado.…

  • Filmes e séries

    O terror de Sam Raimi

    Sam Raimi está na boca do povo com seu novo longa de terror Arraste-me Para o Inferno (Drag Me to Hell; EUA; 2009) Que estreou em terras tupiniquins apenas na última sexta-feira – lá pelas bandas do Tio Sam a estréia foi em Maio. Eu ainda não pude ver o tão comentado filme, mas óbviamente já vi o trailer e fiquei bastante interessada. E em um dos trailers uma frase me chamou a atenção: “do mesmo diretor de Homem Aranha“. Tudo bem que Homem Aranha (pelo menos os dois primeiros) são bem bacanas e tal, mas porque diabos este anúncio? Homem Aranha não é o tipo de filme que creditaria…

  • Filmes e séries

    Superbad – É hoje (2007)

    Superbad é uma comédia adolescente excelente que traz o roteiro assinado por Seth Rogen (que também atua no filme). E como todo comédia adolescente, Superbad fala de jovens do highschool procurando por sexo. No caso de Superbad temos três nerds do último ano que depositam todas as esperanças em uma festa que uma das garotas populares e bonitas preparam para a noite. O grande dilema é conseguir a bebida para a festa. Ao descobrirem a carteira de identidade falsa de um as garotas resolvem convidar o grupo para a festa sob a condição de trazerem as bebidas. E então começa a história. Seth (Jonah Hill) é o mais desesperado para…

  • Filmes e séries

    V Fantaspoa

    Já está rolando em Porto Alegre um dos melhores eventos da cidade, o Fantaspoa. O Festival de Cinema dedicado ao gênero fantástico já está na quinta edição e já é sinônimo de casa cheia. Neste ano as exibições ocorrem em quatro cinemas da capital gaúcha: o Cine Santander Cultural, Cine Bancários, Sala Norberto Lubisco – CCMQ e Sala P. F. Gastal na Usina do Gasômetro. E o valor do ingresso é quase simbólico: R$ 4 reais para todas as sessões em todas as salas (no final de semana de abertura – 04 e 05 de julho – os programas de curtas  no Cine Santander tiveram entrada gratuita). O Fantaspoa começou…

  • Filmes e séries

    Entre os Muros da Escola (2008)

    Entre os Muros da Escola (Entre les murs; Dir: Laurent Cantet; França; 2008) O filme Entre os Muros da Escola possui uma direção seca e carrega uma linguagem direta, quase documental, do cotidiano de uma turma em uma escola localizada na periferia de Paris, na França. Todos aqueles com um mínimo de preocupação com o cenário mundial atual e que acompanham regularmente alguma fonte de notícia tem conhecimento dos recentes conflitos nas periferias francesas e de como estes lugares são pólos de imigrantes de mundo todo no país. Bem, entre os muros das escolas francesas essas tensões também se fazem presente. As aulas apresentadas para o espectador são as ministradas…

  • Filmes e séries

    Blood Tea and Red String (2006)

    Logo no início de janeiro eu vi um post sobre um filme no Anorak. A curiosidade me pegou de jeito. Finalmente consegui assitir a produção de Christiane Cegavske. E fiquei encantada com o que vi. Uma animação em stop-motion maravilhosamente obsoleta. Blood Tea and Red String (Dir: Christiane Cegavske; EUA; 2006) Escrita, dirigida e produzida por Christiane demorou 13 anos para ficar pronta, mas cada minuto na produção desta obra-prima valeu a pena. Os bonecos e o cenário foram feitos inteiramente por ela e possuem um detalhismo magnífico. Criou um universo novo, onde as cores e seus habitantes são de uma vivacidade enorme, no entanto são também assutadores. A história…

  • Filmes e séries,  Música

    Trilhas Sonoras – última parte

    Na última parte da saga das trilhas sonoras aqui no trecos&trapos o assunto é musicais. Confesso que não sou a maior fã do gênero cinematográfico, mas alguns são tão bons que não tem como não gostar. Na minha lista eu coloquei apenas três, em primeiro lugar porque são os meus preferidos e em segundo lugar porque eu não tenho um repertório muito grande para compartilhar, portanto sinta-se à vontade para colaborar adicionando outros títulos nos comentários. Dançando no Escuro (Dancer in the Dark; Dir: Lars von Trier; Dinamarca / Alemanha / Países Baixos / Itália / EUA / UK / França / Suécia / Finlândia / Islândia / Noruega; 2000)…

  • Filmes e séries,  Música

    Trilhas Sonoras parte 2

    Um dos meus grandes prazeres ao ver um filme bom, com uma boa trilha é poder ouvir de novo e de novo cada canção. No entanto, em alguns casos, determinada música fica tão associada ao filme que para mim a trilha parece reduzida àquela música. Esse é o caso, por exemplo, de: Footloose: Ritmo Louco (Footloose; Dir: Herbert Ross; EUA, 1984) Música: Footloose de Kenny Loggins A música homônima está no início (ainda nos créditos) e encerra o filme. Como o próprio nome original da produção faz referência, é um ritmo louco. Exemplo de música oitentista. Na minha modesta opinião a melhor música de toda a trilha. O filme termina…

  • Filmes e séries

    Vicky Cristina Barcelona

    É um bom filme, terminou e fiquei com um sorriso no rosto. Achei as locações fantásticas. A narração é boa. Gostei de ver a Scarlett/Cristina tendo um momento Woody Allen no avião quando voltavam de Oviedo. Ali, segundo o Juliano e eu assino embaixo, ela era o Woody Allen no filme. Gostei muito das referências artísticas e principalmente do Javier/Juan pintor. A Penélope/Maria Elena estava sensacional (era a psicopta, vamos combinar). Rececca Hall/Vicky estava ótima e seu dilema (será que eu caso ou compro uma bicicleta?) marcou bastante a tranformação da personagem ao longo do filme. E as transformações são interessantes. Vicky é transformada,  Cristina é transformada. No final das…