Filmes e séries

O melhor da 2ª temporada de True Blood até agora

A segunda temporada de True Blood estreiou nos Estados Unidos em junho deste ano e já está no sétimo episódio, exibido no dia 02 de Agosto. Minha intenção era escrever um post por episódio da série, mas a idéia morreu devido aos planos extra web que tenho (entenda: muitos livros para ler para passar em alguma das muitas seleções de mestrado que estou cogitando e em concursos para professora de História). Por isso resolvi fazer uma lista das melhores coisas na série até agora, única e exclusivamente segundo meu gosto pessoal. Mas cuidado com os possíveis spoilers (se ainda não viu não leia, a não ser que não dê importância para surpresas)

Episódio 1 – Nothing But the Blood

Esse episódio foi meio murrinha, para uma estréia estava bem ruim. O melhor deste episódio foi a “filha” adolescente de Bill, Jessica (Deborah Ann Woll). A cena em que Bill lhe ensina a reciclar os frascos de True Blood é a melhor ao lado do desespero de Lafayette no porão misterioso. E minha nossa, não consegui me controlar quando me dei conta que o Terry Bellefleur (que trabalha no bar do Sam) já fez Gilmore Girls. Ele era o Zack Van Gerbig, amigo de banda e depois namoradinho da Lane.

Episódio 2 – Keep This Party Going

Nesse episódio fica evidente uma das melhores atuações da temporada até agora: Ryan Kwanten. A ingenuidade e até mesmo a burrice de Jason dão um tom diferente para o personagem que na primeira temporada foi bem chatinho. Uma das melhores cenas foi a conversa entre Jessica e a “madrastra” Sookie.

Episódio 3 – Scratches

Melhor que os dois primeiros episódios, Scratches tem Sookie toda estuporada pelo ataque no final do segundo episódio, e que cicatriz feia hein. A médica que cuidou dela estava ótima (personagem secundaríssimo). E mais uma vez Jason: o conflito interno entre o odiador de vampiros e  a morte de um em suas mãos muito bem trabalhado.

Episódio 4 – Shake and Fingerpop

Episódio do próprio Alan Ball (criador da série) e muito melhor que os três primeiros. O affair entre Jessica e Hoyt (Jim Parrack) é ótimo e apesar de bom, não aconteceu muita coisa neste episódio.

Episódio 5 – Never Let Me Go

Episódio mais fraquinho que o anterior. Mas teve alguns momentos ótimos, como o flashback da transformação do Eric – Alexander Skarsgård está ainda melhor nessa temporada. Teve também a Maryann deixando todo mundo de mau humor e o aparecimento de um outro telepata (o bellboy).

Episódio 6 – Hard Hearted Hannah

É nesse episódio que Eric finalmente deixa bem claro que quer Bill longe de Sookie. E também descobrimos quem é o tal porco. Tara e Eggs descobrindo um local misterioso do passado de Eggs. O final foi frenético: Sookie sendo “sequestrada”; Jason comendo a mulher do pastor da Fellowship of the Sun; a orgia na festa da Maryann + a tentativa de matar Sam no ritual orgiástico; Bill no passado matando sem dó e eu vibrei com o Hoyt encontrando a Jessica.

Episódio 7 – Release Me

A fuga de Sam e sua transformação em coruja (depois dos gatos, o meu animal preferido) foi uma das melhores coisas do episódio. Além disso teve a cena mais fofa que foi a preparação de Hoyt para a primeira vez dele e Jessica. E mais uma vez o final deixou um gancho muito bom. Godric entra na trama pra valer?

Então é isso. Esses foram os momentos de True Blood que elegi como os melhores até agora. Tem outras preferências, citações ou algo a declarar sobre a série? Não exite em deixar um comentário, será muito bem vindo. No mais, esperando pelos próximos episódios.

Anarca, feminista, vegana, cat lady, bookworm, roller derby, hiperbólica, entusiasta das plantas e constante aprendiz. Rainha de paus, professora de história, amante de histórias. Meu peito é de sal de fruta fervendo num copo d'água. 🌈✊Ⓥ👩🏻‍🏫👩🏻‍💻📚🧙‍♀️🎨📿🥾🏕️ 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈

Deixe seu comentário

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
6 de setembro de 2009 4:40 pm

[…] Eu já havia escrito sobre os sete primeiros episódios da série, então começaremos pelo oitavo, ok? […]

trackback
18 de setembro de 2009 9:41 am

[…] deixou a desejar. Não deixou o burburinho para a próxima temporada que era de se esperar. Mas a temporada em si foi bem melhor do que a prmeira, isso é verdade. […]

trackback
24 de setembro de 2020 11:18 pm

[…] deixou a desejar. Não deixou o burburinho para a próxima temporada que era de se esperar. Mas a temporada em si foi bem melhor do que a prmeira, isso é […]

trackback
25 de setembro de 2020 1:34 am

[…] Eu já havia escrito sobre os sete primeiros episódios da série, então começaremos pelo oitavo, ok? […]

4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x