Filmes e séries

E no fim de Buffy foram rios de lágrimas

Então terminei de ver Buffy nesse fim de semana. Precisei de um pouco de tempo para me recuperar. Mais uma vez passando por cima dos meus preconceitos. Olhava torto, de cara feia, sempre que ouvia falar do tal seriadinho de uma caçadora de vampiros.

E comecei a prestar mais atenção na série apenas quando vi Firefly e Dollhouse, dois trabalhos do mesmo criador de Buffy The Vampire Slayer, o crudelíssimo e genial Joss Whedon. E sob influência pesada do Juliano, é claro. Não poderia ser diferente: me apaixonei instantaneamente pela série. Pelo argumento, pelo roteiro, pelos personagens. Tudo em Buffy me fazia ficar horas em frente ao computador e à televisão vendo um episódio atrás do outro.

Assim, terminei de ver as sete temporadas em muito menos de um ano. Penso em todos os fãs que acompanharam a série durante sete longos anos, toda a semana, compartilhando as alegrias, as dores e as aventuras que a Sccoby Gang enfrentava. Se eu, em pouquíssimo tempo me senti conectada as histórias e principalmente a alguns personagens, como terá sido acompanhar por todos os sete anos a jornada da caçadora de vampiros e de seus valorosos amigos.

Sentirei falta dos personagens, das tramas, dos vilões, das reviravoltas, dos vampiros desalmados e dos que possuem alma, das irmãs que aparecem do anda, dos romances, da Dark Slayer, das paixões platônicas, dos lobisomens, dos feitiços, das transformações dos personagens. Sentirei falta até da chatice que muitas vezes acometia a protagonista.

E o fim não passou sem me fazer perder litros e mais litros de lágrimas. Não consegui controlar minhas emoções. Assim foi em vários episódios. Todas as temporadas tinham uma áurea especial que me encantava e o gran finale me deprimiu pra valer.

Poderia até pensar: “E agora? Como vou conseguir superar esse final?”. Mas Joss Whedon deixou uma oitava temporada de reserva, em quadrinhos, para todos os que sentem falta.

Então a lamentação fica por aqui, porque tenho uma série de quadrinhos pra ler e um spin-off pra ver (Angel, pra quem por algum acaso não conhece). Mesmo assim, não é a mesma coisa.

Anarca, feminista, vegana, cat lady, bookworm, roller derby, hiperbólica, entusiasta das plantas e constante aprendiz. Rainha de paus, professora de história, amante de histórias. Meu peito é de sal de fruta fervendo num copo d'água. 🌈✊Ⓥ👩🏻‍🏫👩🏻‍💻📚🧙‍♀️🎨📿🥾🏕️ 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈 🐈

Deixe seu comentário

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
cavalca
12 de maio de 2010 7:11 am

Ficaste em estado de choque depois do fim de CHOSEN. Fiquei com mó peninha. 🙁

Shirley
12 de maio de 2010 9:02 pm

dani, eu fui uma das que assistiu as temporadas de buffy e me diverti muito. e assiti angel tambem, que tbm e MUITO boa! acho que tbm sofri com o final da serie, mas sou do tipo que se conforma com relativa facilidade com as coisas que fatalmente foram feitas pra termnar… agora tenho assistido coisas como “bones” (com o mesmo David Ängel”Boreanaz), CSI, Lost, entre outras, mas admito que, de vez emquando, sinto aqueeeeeeela saudadezinha da vampira buffy e do seu amor-loiro-malucao Spike. Que delicia lembrar de tudo aquilo poraqui… rs. Bjao!

Larissa
3 de junho de 2010 3:21 pm

Oi, Daniela. Adoro as resenhas que você escreve aqui no blog. Assim como você, me sinto tocada por tudo que Joss Whedon já fez. Eu segui o acompanhamento de suas séries na ordem: Buffy, Angel, Firefly e Dollhouse. Mas deve ser interessante começar assim, de trás pra frente, como você. Também chorei um rio de lágrimas no final de Buffy. Ele realmente consegue mexer com as nossas emoções, não é? Não sei se você já começou a assistir o spin off Angel, mas assista. Tem muita coisa boa. Dá pra rir, chorar, sentir raiva e medo. Fora as referências ao seriado da Buffy no meio.
Bjs!

C. Michel
C. Michel
26 de dezembro de 2011 5:07 pm

Terminei hoje de ver o seriado… comecei por acaso quando um amigo meu la da inglaterra me deu de presente as 2 primeiras caixas da serie… Me apaixonei! foi mesmo amor a primeira temporada!!! depois disso como nao conseguia encontrar algumas caixas para comprar aqui no Brasil… entao comecei a baixar da internet… e ficar ligadissima a cada episodio!!! Tudo foi incrível mesmo! Me envolvi como se eu mesma fizesse parte da gang….a cada episodio a cada temporada…. até que um dia consegui a ultima temporada… e me preparei toda para o gran finale…. Que decepcao!!! Aonde estava o Gran Finale?? Angel chegou do nada e se foi.. Spike que ouviu pela primeira vez um Eu te amo!! morreu.. ou seja acabou-se tudo e me deixou um um tremendo gostinho de quero ver muito mais!
Nao sei como os outros apaixonados por buffy se sentiram… eu me senti assim…

C. Michel
C. Michel
29 de dezembro de 2011 12:24 pm

Legal.. ja consegui a temporada completa de Angel… vamos que tal esta! Acho que vai dar prá matar um pouquinho a saudade do seriado buffy!
Abraço..
depois te conto o que eu achei! 🙂
ps: aonde consigo os quadrinhos para comprar aqui no brasil?

trackback
1 de fevereiro de 2012 11:01 pm

[…] E como fiquei com vontade de provar alguns (muitos) daqueles pratos! Adorei cada referência a Buffy: A caça vampiros, eu e ela somos viciadas na série de Joss Whedon, adorei as referências literárias, da cultura […]

trackback
13 de setembro de 2020 5:03 pm

[…] E como fiquei com vontade de provar alguns (muitos) daqueles pratos! Adorei cada referência a Buffy: A caça vampiros, eu e ela somos viciadas na série de Joss Whedon, adorei as referências literárias, da cultura […]

10
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x